Nesta sexta-feira, o Corinthians se despediu oficialmente de um dos maiores ídolos, e de um dos nomes mais importantes da história do clube: o atacante Emerson Sheik. Em amistoso beneficente realizado em Itaquera, o jogador, que pendura as chuteiras comentou sobre o momento e se quer permanecer no Timão, para atuar em um cargo administrativo.

“Eu quero viver o hoje, esse momento que é muito especial para mim. Óbvio que eu tenho uma história no futebol e essa história me proporciona receber inúmeros convites. Eu recebi sim, não é história, eu trabalho sempre com a verdade quem conhece meu trabalho sabe muito bem disso. Existe sim uma enorme possibilidade de eu ficar aqui no Corinthians para a temporada de 2019, porém, eu ficaria me sentindo útil, então quero me sentir útil, quero ajudar, se por ventura esse convite se concretizar e se tornar real, eu quero ajudar”, afirmou o atleta.

Sheik viveu tempos de glória com o Timão, pois foi peça fundamental nas conquistas da Libertadores e Mundial de Clubes em 2012. Apesar de ter o nome marcado na história, Emerson não quer ficar preso ao passado, e sim ajudar a construir um novo capítulo vitorioso no Corinthians, seja em qual função for.

“Não quero ficar aqui pela história por tudo que eu conquistei no clube, eu quero participar efetivamente da temporada 2019 e ajudar a direção a caminhar pra títulos, por que o Corinthians vive disso e a torcida se acostumou muito bem“, disse o atacante.

13º colocado na última edição do Campeonato Brasileiro, o Timão irá disputar em 2019 o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil, a Copa Sul-Americana e o Brasileirão. A estreia oficial no ano que vem está prevista para o dia 20 de janeiro contra o São Caetano, na Arena Corinthians.

 



Source link

gostou ? entao curti e compartilhe nas redes socias