Mantendo o padrão do The Best e do Goal 50, Luka Modric recebeu a Bola de Ouro nesta segunda-feira (3), sendo coroado mais uma vez o melhor jogador do planeta em 2018.

Muitos concordaram, mas outros tantos discordaram do craque e camisa 10 do Real Madrid e da seleção croata, tricampeão da Champions League e finalista da Copa do Mundo, ter sido eleito o melhor jogador do planeta.

E o fato de acabar com o reinado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo e ser coroado o melhor surpreende inclusive o próprio Modric.

“Eu sempre sonhei em jogar em um grande clube, ganhar títulos, a Bola de Ouro. Eu sonhei tudo isso quando criança. É uma grande honra estar entre esses jogadores. Eu continuo pensando e tentando me acostumar a fazer parte deste grupo excepcional de jogadores que ganharam a Bola de Ouro na história. É um grande prazer fazer parte deste grupo. É difícil dizer… Durante a minha carreira, eu entendi que trabalho, persistência e acreditar em você é a base para expressar seu talento”, disse o croata.
 

“Eu gosto da frase: ‘o melhor nunca é fácil’. Para mim, nunca foi fácil. É necessário aproveitar as oportunidades”, completou.

Modric também falou sobre a mudança em seu posicionamento, algo que pra ele foi fundamental para o seu sucesso. “Mudar de posição me fez evoluir. Antes eu era um jogador mais ofensivo. Quando eu fui recuado, eu tive uma visão melhor do jogo, pude expressar minha criatividade de maneira melhor, meu jogo também. No meu segundo ano no Tottenham, eu joguei como meio-campo e me sinto melhor no meio”, comentou.



Source link

gostou ? entao curti e compartilhe nas redes socias